Buscar
  • Amôras

morrer de amor... ops de AMÔRAS!

tem uma frase do maravilhoso Mario Quintana que eu amo: "tão bom morrer de amor! e continuar vivendo..."


o amor é mais que um sentimento, é tipo o ar que respiramos. e não estou falando só de amor amor beijo na boca não. tô falando daquele amor incondicional, pleno, completo e absoluto. que é generoso, altruísta e infinito. por isso, eu acredito que a maior religião do mundo é o AMOR. só o amor é capaz de transformar, de trazer paz e de tirar o melhor de cada um de nós.


a AMÔRAS existe para isso... espalhar amor. se cada pessoa que tem um quadrinho sentir que existe um jeito de ser melhor, de fazer melhor, de amar melhor... eu já estarei feliz da vida.


o amor é possível. impossível é a gente continuar a viver assim sem se olhar mais, sem se falar mais, sem se querer mais. a AMÔRAS não é apenas um negócio... eu não vendo apenas quadros, linhas e pregos. eu vendo uma proposta, um propósito que eu mesma ainda estou tentando entender. só sei que vale a pena.




{ eu em Paris... deitada em uma praça qualquer, tentando ver a vida de um jeito diferente... essa viagem era o sonho dos meus pais. minha mãe queria comemorar os 70 anos dela e os 80 anos dele (meu pai), embaixo da torre... e foi isso que fizemos. eu, meu marido, meu irmão e minha cunhada }

18 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

    © 2023 por Amôras. Orgulhosamente criado com Wix.com