Buscar
  • Amôras

quando um festival me fez parar de respirar por dois dias... e chorar! (primeira parte)

parei de respirar, mas continuei viva.

ou voltei a viver.

e chorei... (do primeiro ao último momento) de tristeza, de emoção, de saudade, de amor, de dor, de ter a morte na consciência e na alma e na pele e no olhar.

chorei por ter a morte, na vida.

mas muito pra viver!


parei de respirar, chorei muito e voltei a viver nos dois dias intensos de palestras durante o Festival Path, um festival voltado para a inovação e a criatividade. e é aí que fica estranho né? não era um festival voltado para o luto, para a vida, sei lá... ou um festival de yoga. mas a vida é assim, cheia de surpresas. e eu fiz a minha agenda totalmente voltada para o meu momento: minha reconstrução, minha reinvenção. e mais, escolhi palestras que tocassem minha alma.


graças a deus eu tenho grandes amigas, porque sozinha eu não teria dado conta não. minhas amigas-irmãs Sabrina e Soraia (escolheram praticamente as mesmas palestras que eu) e a na pior de todas (palestra sobre ressignificar a morte - que vou contar na parte 2), fizeram questão de não ir na que tinham escolhido para ficar comigo. ufa.


bom, tudo começou num sábado de manhã com a master diva Mari Ferrão - que mulher meu Deus, além de linda (ainda mais linda ao vivo) ela tem uma luz diferente e maravilhosa. sua palestra teve como tema "a verdadeira inovação está na autenticidade", onde trouxe ensinamentos profundos sobre a importância do propósito na vida - ter um propósito chega a adiar a própria morte ou faz com que a gente chegue a este temido momento com mais leveza. em um determinado momento, mostrou que estamos vivendo com tanto barulho, que não conseguimos escutar o outro - e que escutar o outro isso é fundamental para criarmos empatia. falou também sobre o poder da gratidão.


depois fui para uma palestra sobre refugiados. eu tenho uma coisa com refugiados - uma empatia, um afeto... talvez seja porque sou descendente de libaneses e de armênios. ou talvez seja só porque tenho mesmo um coração gigante. mas esta palestra me pegou de jeito: um dinâmica muito simples foi muito impactante. em cada cadeira tinha uma folha em branco e pediram para que cada um escrevesse seus dados pessoais, escola / faculdade... locais que trabalhou e as 5 viagens que mais amou fazer. para finalizar quem seriam as pessoas que vc levaria para esses lugares (pessoas que vc amava muito) - bom eu já estava chorando pq a minha lista de pessoas era composta por MORTOS, tirando meu irmão e meu marido. depois pediram para que cada um rasgasse sua folha... e é aí que todo mundo ficou em silêncio pois ouvimos a seguinte frase: "quando você sai da sua terra e é um refugiado sua vida fica assim como este papel rasgado, deixa de existir". nesta hora minha cabeça deu um nó... porque a vida de um enlutado fica rasgada também... em mil pedaços. e não dá mais pra colar.

senti uma ligação tão profunda com aquele moço todo bem arrumado, que veio de um país que massacra seu povo e que estava ali falando um português todo errado e, ao mesmo tempo, lindo e me vi tão conectada a ele. mentalmente dei um abraço apertado e cheio de amor naquele moço, que um dia eu vou encontrar novamente para poder abraçar de verdade - ele faz parte de um projeto maravilhoso para refugiados - o Namoa - que eu ainda vou fazer parte.


(no meio disso tudo tiveram outras palestras incríveis e inesquecíveis, que me tocaram a alma...)


minhas miguchas irmãs... Sabrina e Soraia, que estavam comigo nos momentos mais importantes da vida.


A master diva sem igual Mari Ferrão - com ela e seu Unboxing.me a minha vida tem mudado muito


sou dessas que guarda tudo... e ainda volta com um monte de comprinhas - no meio dá pra ver a minha folha toda rasgadinha.


vou postar a parte 2 sobre a festival, na semana que vem... foi aí que eu soltei o verbo numa sala com mais de 200 pessoas, todas querendo ressignificar a morte. foi aí que conheci pessoas maravilhosas.


beijos repletos de amor


fabi guerra




0 visualização
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

    © 2023 por Amôras. Orgulhosamente criado com Wix.com